Terça-feira, 26 de Janeiro de 2016

Novas rotinas precisam-se

 

A regularidade exibicional está, na minha opinião, directamente ligada às rotinas que os jogadores criam entre si. A regularidade do 11 titular no Benfica gera automatismos (como se diz na gíria futebolística “jogar de olhos fechados”) e isso reflecte-se nas exibições bem conseguidas nos últimos jogos.

 

Seria benéfico Rui Vitória acrescentar rotinas a alguns jogadores suplentes, com especial destaque para os que podem jogar na zona mais importante para a coesão do colectivo, a de médio centro (Renato Sanches). Reparem na diferença de exibições antes de Renato e depois de Renato. É de maior importância criar uma alternativa viável na eventualidade de um contratempo.

 

Rui Vitoria tem utilizado Talisca nessa posição, o que na minha opinião é um erro. Sendo um jogador fisicamente fraco, não tem andamento nem atitude para esse lugar. Talisca é um finalizador nato, é alternativa a Jonas, basta ver o seu historial de golos no Benfica, quando joga mais próximo da baliza.

 

Samaris é, na minha opinião, a única alternativa a Renato. Pizzi é definitivamente um extremo, que ocupa muito bem os espaços interiores, mas nunca um médio centro. Fesja tem André Almeida como alternativa.

 

Nesse sentido o jogo de hoje pode ter essas características. Com Nelson de volta, André pode ocupar o meio-campo defensivo enquanto Samaris surge mais à frente. Também Talisca pode começar a criar rotinas na linha avançada, seja na companhia de Raul ou Mitroglou.

 

                    

tags:
publicado por Tasqueiro às 14:00
link do post | comentar | favorito
|

.Rodadas

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.pesquisa

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Evolução

. Penoso

. Um bom exemplo

. Para reflexão

. Insatisfatório

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 5 seguidores

blogs SAPO
RSS