Sexta-feira, 22 de Maio de 2015

Preservar a exigência

 

Em ano de vacas magras, onde o Benfica vendeu muito e investiu pouco, foi à luta com menos individualidades no entanto conseguiu formar um conjunto fantástico e alcançar o seu grande objectivo que era vencer o Campeonato pelo segundo ano consecutivo.

 

Ainda falta disputar a ultima jornada e a final da Taça da Liga, no entanto já se pode considerar o ano desportivo como positivo, independentemente do desfecho da final. Era fundamental esta sequência de vitórias no Campeonato.

 

Relativamente às ocorrências no dia da festa, deixo isso para as entidades competentes, que com certeza vão estar à altura do que nos têm habituado. Inglaterra é um excelente exemplo a seguir, mas isso é pedir demais. Qualquer garrafa de cerveja ou trolley serve para falar negativamente da festa, e por arrasto, do Bi-Campeonato.

 

A próxima época terá, inevitavelmente, como horizonte o 35º Campeonato, mas conto com um especial foco na Champions, concedendo-lhe uma importância maior que às Taças, não só pelo prestígio e ranking mas essencialmente pelos prémios, que aumentaram significativamente. A redução do passivo em simultâneo com o aumento da qualidade do plantel assim o exige. A qualidade do plantel atual tem de ser a bitola mínima para os planteis futuros.

 

Obrigado Benfica.

 

              

publicado por Tasqueiro às 17:04
link do post | comentar | favorito
|

.Rodadas

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.pesquisa

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Empate amargo

. Imprescindível vencer

. Insuficiente

. Jogo (d)e bastidores

. Mentalidade

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim

blogs SAPO
RSS