Quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

Teimosia

 

Já são alguns anos, muitos jogos, demasiado sofrimento.

 

O homem até pode ser catedrático do futebol, possuir o mérito de ter posto o Benfica a jogar o dobro (tenho memoria), e mais do que tudo, ganhar títulos. Mas uma coisa não consegue, a autocrítica.

 

A estratégia do meter muitos na frente e de saber defender bem com poucos é uma arte. Jesus sabe fazê-lo como ninguém.

 

Mas para que resulte, é imprescindível ter uma defesa coesa e com excelentes protagonistas, ou jogar contra adversários globalmente inferiores. Quando se defronta concorrentes de valia semelhante, torna-se mais difícil. Se a juntar a isso, faltar a excelência e a coesão ainda não estiver no ponto, a fracasso é quase certo.

 

Julgo que isto é básico.

 

                          

publicado por Tasqueiro às 10:45
link do post | comentar | favorito
|

.Rodadas

contador de visitas
compteur gratuit
contador de visitas

.pesquisa

.Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Evolução

. Penoso

. Um bom exemplo

. Para reflexão

. Insatisfatório

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 5 seguidores

blogs SAPO
RSS