Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

Monólogos

 

 

Paciência após o Benfica 1 x 0 Braga

 

“Quando o Benfica marcou o golo começou a gerir o tempo de forma que não é normal numa equipa grande, o que mostra respeito pelo Sp. Braga. Benfica acabou o jogo encostado lá atrás e a queimar tempo.”

 

“Vínhamos com motivação para ganhar e pelo jogo que fizemos a vitória tanto podia cair para os dois lados. Estou satisfeito com rendimento da equipa. Entrámos bem na segunda parte, podíamos ter feito golo e coisas seriam diferentes. Não conseguimos porque Carlos Martins fez grande golo, mas a vitória podia acontecer para o nosso lado.”

 

 

 Villas após o V.Guimarães 1 x 1 Porto

 

“Há um penalty claro. Seria o 2-0 e acabava com o jogo. É um erro declarado que muda o sentido do jogo. Parece-me demasiado claro para deixarem passar. Convém que toda a gente veja, tal como se viram muitas coisas aqui no V. Guimarães-Benfica. Convém ver os penalties que estão para analisar, não há por onde fugir.”

 

“Fico frustrado pela forma como acontece este resultado. Agora será a nossa vez de pedir justiça porque é a segunda vez que há arbitragem escandalosa na Cidade Berço. A arbitragem do Carlos Xistra parece-me decisiva no resultado do jogo. Porque não se faz uma nova análise? Abriu-se o procedente, porque não é agora? Vai-se esperar pela 10.ª jornada? Nessa altura queremos a mesma atenção e o mesmo sentido de culpabilização. Foi o caminho escolhido pelo presidente da Comissão de Arbitragem [Vítor Pereira]. Vamos estar atentos à análise e resumo que vai fazer. Agora vai ou não haver “jarra” para o Carlos Xistra?”

 

“Foi um jogo controlado pelo FC Porto. Houve poucas oportunidades do V. Guimarães e muitas do FC Porto. O empate acabou por deixar a equipa intranquila e penso que sem a expulsão do Fucile teríamos chegado ao 2-1.”

 

   

 

Em ambos os casos, nenhum dos técnicos foi confrontado pelos jornalistas.

 

No caso do 1º, não foi confrontado com a queima de tempo do Braga durante quase todo o jogo, nem com as estatísticas do jogo, que dão clara supremacia do Benfica sobre o Braga (6 oportunidades de golo contra 2).

 

Em relação ao 2º, a situação foi ainda mais constrangedora. Falou de um pénalti que ninguém viu, criticou a expulsão (justa) de Fucile, que peca por tardia, que aliás, devia ter acontecido numa falta cometida dentro dá grande área portista, que todos viram, mas nem ele nem ninguem (jornalistas) comentou.

 

 

                   

publicado por Tasqueiro às 14:11
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Vhugo a 6 de Outubro de 2010
Deixem-nos falar para as paredes. Já sabemos que eles quando falam os jornalistas entendem como uma ordem!

De RT a 11 de Outubro de 2010
Tá visto para que lado eles andam a apitar.
Deveriam realizar novas escutas, de certeza que aí anda café com leite ou será só leite.

Comentar

.pesquisa

.Setembro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Início de época

. A nova época

. Treinador de bancada

. Queda livre

. Sensibilidade e bom senso

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 6 seguidores

blogs SAPO
RSS