Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

O Protagonista e o Catedrático

 

O Benfica deste ano perde em toda a linha, ainda nem sequer vamos a meio da época e já só restam as Taças.

 

Dirigido por um caçador de protagonismo, o Glorioso está transformado no bobo da festa alheia. A sua voz, cada vez menos credível, vai entoando “a cantiga do bandido” para quem a quer ouvir.

 

Do alto do seu pedestal, o “Catedrático”, vive numa fábula criada pelo seu ego. Embriagado pelo êxito transacto, ilude-se a ele e aos seus seguidores, não vê erros, tudo é fruto do acaso, até porque ele não erra, a sorte é que é madrasta.

 

Estas duas personagens, promotoras imaculadas da tragédia, diluem-se no guião, presentes na glória, ausentes no desaire.

 

 

 

publicado por Tasqueiro às 15:49
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Rodadas

contador free

.pesquisa

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Previsível ou fracasso

. É preciso mais

. Redefinir objectivos

. Quem tem medo compra um c...

. Decepção

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 6 seguidores

blogs SAPO
RSS