Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

“Surpreenderam-nos”

 

Esta é a frase que conta a história do jogo.

 

Julgo que a fanfarronice de JJ tenha contribuído de maneira decisiva para pobre 1ª parte do jogo, onde a equipa foi surpreendida por uns Alemães com vontade de demonstrar que quem tem medo compra um cão.

 

Já não é a 1ª vez que JJ tem discursos arrogantes, plenos de “favas contadas” que, depois, lhe acaba por sair a “fava”. Foi assim na Super Taça e na Champions. Tanto os resultados, como as exibições, só começaram a aparecer quando voltou à Terra muito mais humildade.

 

Tivessem os jogadores encarnados, uma boa dose de respeito pelo adversário e o jogo teria corrido bem melhor, sem grandes sobressaltos e iríamos à Alemanha bem mais folgados.

 

Foi bem visível, na 2ª parte, que só não se marcou mais 1 ou 2 golos, porque, a correr atrás do prejuízo, os jogadores estavam bastante ansiosos, o que retirou o discernimento nos momentos cruciais.

 

Não sendo um resultado tranquilo, até porque a Alemanha é um caso histórico bicudo para o Benfica, pode ser benéfico, na medida em que, os jogadores irão melhor informados das dificuldades que vão encontrar e assim, entrarem em campo com atitude que tiveram cá na 2ª parte.

 

          

publicado por Tasqueiro às 12:25
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Ou caga, ou desocupa a moita

 

 

SL Benfica x VfB Stuttgart – 17/02/2011

 

VfB Stuttgart x SL Benfica – 24/02/2011

 

 

                    

 

 

 

 

publicado por Tasqueiro às 16:10
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Abril de 2010

A sopa dos "pobres"

 

Com 4 batatas se faz uma sopa.

 

Com 4 golos se faz uma derrota.

 

Anfiedl Road, foi, sem dúvida, uma bela caridade espiritual.

 

 

“ Disse Jesus: Se queres ser perfeito, alimenta os "pobres", e caminharás na Luz para a Gloria.”

 (JJ 08:04)

 

 

   

É uma questão de interpretação.

 

 

 

publicado por Tasqueiro às 16:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Decifrando Jesus

 

As palavras de Jesus, no final do jogo com a Naval, foram interpretadas como um anúncio a uma provável derrota e consequente eliminação de Liga Europa.

 

A minha interpretação é diferente. Analisei as entrelinhas do seu discurso e vi uma outra mensagem, que reza assim:

 

(Para melhor percepção, vou pôr Jesus em discurso directo)

  

“- Dedicados Benfiquistas, estava eu à espera do Braga encostar no jogo da pedreira, até porque eles não jogam nada e, julgava eu, que o padrinho tinha resolvido fazer a ultrapassagem, logo, mandado encostar o sobrinho.

 

- Pois julguei mal, o árbitro resolveu tomar decisões sozinho e o resultado está à vista.

 

- Assim, em vez de jogar (contra a Naval) com alguns jogadores, até agora, menos utilizados, não quis arriscar e meti os titulares. O Campeonato é o mais importante e vocês sabem, melhor que ninguém, que o Benfica é o alvo a abater.

 

- Sendo assim, e como a elite também se cansa, vou fazer descansar alguns, mais necessitados, para que estejam preparados para a batalha que se avizinha, dentro de alguns dias.

 

- Venho por isso, comunicar-vos, que vou para Liverpool fazer exactamente aquilo que era para fazer com a Naval, jogar com os menos utilizados. Portanto, vou arriscar na Liga Europa.

 

- Já dizia a minha mãezinha, quem não arrisca não petisca, e estou certo, porque confio nos meus jogadores, de que vamos passar esta eliminatória. Assim, vou utilizar uma táctica um pouco diferente, porque os ingleses andam cheios de fominha e vão cair-nos em cima que nem uns lobos.

 

- Na Figueira, fiz algumas experiências com as substituições, já a pensar neste jogo. Portanto, vou jogar com uma defesa alta, um meio-campo lutador e uma linha avançada com um calmeirão apoiado por dois aceleras.

 

- A táctica a utilizar, vai andar entre o 451, 4321 e 442, sendo aplicado aquela, que no momento, estiver mais à mão. Eu sei destas coisas e está provado cientificamente que estas mudanças podem resultar.

 

- Portanto, vamos jogar na retranca e em contra-ataque, focados na contenção e posse de bola a meio campo, sempre com sentido de baliza e qualidade de jogo ofensivo.

 

- Que seja o que Deus, meu pai, quiser e se a família conta para alguma coisa, Ele não me irá falhar. Muito obrigado e boa noite.”

 

 

 

Como vêem, claro como água. Tão claro, que arrisco enunciar os Titulares:

 

  • J. César
  • Maxi
  • Luisão
  • Sidnei
  • D. Luiz
  • J. Garcia
  • C. Martins
  • Ramires
  • Di Maria
  • E. Luís
  • Kardec

 

É limpinho.

 

 

                       

 

             

 

publicado por Tasqueiro às 15:33
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

.Rodadas

contador free

.pesquisa

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Competência

. Oscilação

. (In)justiça

. 9 jogos, 8 finais

. A azia dos sebosos

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 6 seguidores

blogs SAPO
RSS