Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

Regressos

 

Já falta pouco para que os lesionados estejam de volta. Ola John já se encontra disponível, aguarda-se ansiosamente pelos retornos de Sílvio, Eliseu, Fesja, Amorim e Sulejmani.

 

Fala-se muito da fraca qualidade do banco do Benfica, no entanto são esquecidos os jogadores ausentes por lesão. Contabilizam-se 4 (Ola John e Eliseu são lesões recentes) os jogadores que têm estado longe dos relvados ha já bastante tempo, com a agravante de 2 (Sílvio e Fesja) serem titulares indiscutíveis e os restantes serem alternativas (a Fesja/Enzo e Sálvio) imprescindíveis para uma rotatividade sem sobressaltos.

 

Com o plantel todo disponível, na minha opinião, este seria o 11 titular:

 

Titulares 2014

 

   

As alternativas:

 

Suplentes 2014

  

 

Há ainda que contar com Benito, Cristante, Pizzi, Tiago (Bébé), Nelson Oliveira e Jara para qualquer eventualidade. Pizzi pode ser uma alternativa no imediato.

 

          

publicado por Tasqueiro às 16:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2014

Goleada de e com estreias

 

Para alem da vitória e dos 3 pontos, também gostei bastante da estreia de Lisandro, Pizzi, Jonas e Derley.

Lisandro já o conhecia da outra pré-época, tendo ficado com boas recordações. Fez um jogo bem conseguido, evidenciando no entanto alguma falta de ritmo e entrosamento, natural de uma estreia. Esteve perto de marcar na sequência de um canto, característica que felizmente possui.

Pizzi jogou muito pouco para que se possa adiantar qualquer coisa, no entanto ficou claro que possui bons pés.

Jonas entra para a história, uma estreia com golo. Revelou ter classe, é de remate fácil e espontâneo, o que é uma excelente notícia. Começou da melhor maneira.

Estreia também para Derley, neste caso a marcar, que seja o primeiro de muitos. Com Talisca em brasa e Lima no estaleiro, pode ser a oportunidade de agarrar a titularidade.

 

É sempre importante recordar que Jesus não pôde contar, desde o início do Campeonato com Sílvio, Fesja, Ruben Amorim e Sulejmani, a quem neste jogo se juntaram Jardel e Enzo. Gaitan também saiu com queixas.

Vem agora um intervalo de duas semanas devido, (infelizmente) a dois jogos da selecção e (felizmente) a eliminatória da Taça de Portugal, com o Covilhã.

 

O árbitro deixou jogar tanto, tanto, tanto, que cheguei a pensar que se tinha esquecido dos cartões no balneário. Nada de estranhar, até porque durante estes anos todos (e já lá vão bastantes), o Benfica teve sempre inícios de épocas dificultadas por arbitragens extremamente adversas.  

O Xô Presidante da naçon explica: O objectivo é atrasar, desmotivar, fazer duvidar capacidades.

                    

        

publicado por Tasqueiro às 11:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Setembro de 2014

Champions – jogadores inscritos

 

O Benfica já divulgou os 25 jogadores inscritos na 1.ª fase da Liga dos Campeões.

 

A saber:

 

Júlio César, Artur, Paulo Lopes, Luisão, Jardel, Lisandro Lopez, César, Maxi, Eliseu, Sílvio, Benito, André Almeida, Cristante, Samaris, Ruben Pinto, Talisca, Enzo, Gaitan, Sálvio, Ola John, Pizzi, Tiago (Bébé), Nelson Oliveira, Derley e Lima.

 

 

Boa notícia o Sílvio faz parte da lista, o que quer dizer que a sua recuperação está para breve. De fora (uns por lesão, outros por opção) ficaram: Steve Vitoria, Ruben Amorim, Fesja, Sulejmani e Jara.

 

 

Foram preenchidos todos os lugares permitidos pela UEFA, que são um total de 25 jogadores, que estão repartidos por: 17 de inscrição livre (não interessa o local de formação), 4 formados no clube (Benfica) e 4 formados localmente (clubes portugueses).

 

 

A UEFA permite, ainda, a inscrição de uma lista B, composta por jovens jogadores (julgo que Sub 20) da formação. Foram inscritos os seguintes jogadores: Bruno Varela, Miguel Santos, Victor Lindelof, Fábio Cardoso, João Nunes, Alexandre Alfaiate, Pedro Rebocho, João Teixeira, Rochinha, Hélder Costa e Gonçalo Guedes.

 

 

A disposição no terreno fica mais ou menos assim:

 

 

  

Nota: Há jogadores que podem fazer várias posições, nomeadamente: Samaris pode fazer qualquer lugar de médio (centro/ofensivo); Victor Lindelof tem jogado a central na Equipa B; Tiago é, na minha opinião, um avançado (JJ quer fazer dele um extremo); Pizzi pode fazer qualquer uma das alas; Gaitan pode jogar no meio, etc, etc (há, felizmente, muita polivalência neste Plantel).

 

               

publicado por Tasqueiro às 15:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

O dérbi, o mercado e o plantel

 

Desiludido com o Artur, porque foi determinante no golo do adversário. Não tem condições psicológicas para continuar no Benfica. É bom entre os postes, mau com os pés e péssimo nas saídas aos cruzamentos.

Desiludido com Jesus, porque quando mexeu na equipa, fê-lo mal e tarde. Com a substituição perdeu o meio-campo, que já estava em perca, e nada acrescentou ao ataque. Os últimos minutos foram penosos.

Desiludido com a exibição geral da equipa, na consistência da posse de bola e na finalização.

 

Fechou o mercado de transferências em Portugal, no Benfica entraram: Samaris(médio centro/defensivo de 25 anos, proveniente do Olympiacos), Cristante(médio defensivo/centro de 19 anos, proveniente do Milan) e Oliver Sarkic(avançado de 17 anos, proveniente do Anderlecht). Sílvio vai permanecer por mais um ano. Duvido que Oliver seja o avançado pretendido (certamente uma aquisição para a Equipa B) por Jesus.

 

Provável plantel para a Champions:

 

 

  

Para consumo interno há que contar ainda com Benito, além dos lesionados Sulejmani e Fesja.

 

           

publicado por Tasqueiro às 12:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

Benfica 2014/15

 

Terminou a pré-época, no que toca a jogos de preparação, tendo sido traumatizante em resultados, mas de grande utilidade para o treinador em termos de experiências e observação, tendo certamente tirado muitas conclusões.

 

Todos os confrontos foram com equipas de 1ª liga (dos seus respectivos países), o que demonstra o nível de dificuldade que os jogadores tiveram pela frente. De notar que se tratar de uma equipa em construção, com muitos jogadores novos, a actuar pela 1ª vez na Europa. Houve ainda outros, que não sendo esse o caso, tiveram a suas primeiras aventuras, na equipa principal e no futebol ao mais alto nível, ou são regressos após empréstimo.

 

Acresce o facto de os últimos 4 jogos terem sido realizados em 5 dias, com uma viagem pelo meio, e numa altura em que as cargas dos treinos são bastante intensas e ainda o pormenor (de grande importância) de 3 centrais (todos candidatos à titularidade) estarem no estaleiro. Tudo atenuantes, mas caso para deixar os Benfiquistas desconfortáveis.

 

Resumindo: 6 derrotas e 2 vitórias.

 

Adversários: Estoril (1-0)V, Sporting (1-0)D, Marselha (2-1)D, Ajax (1-0)D, Sion (2-0)V, A. Bilbao (2-0)D, Arsenal (5-1)D e Valência (3-1)D.

 

 

Jogadores novos (9)

- César, Benito, Eliseu, Luís Felipe, Candeias, Talisca, Victor Andrade, Bebé e Derley.

 

Regressos (6)

- Sidnei, Lisandro Lopez (ausente por lesão)  Pizzi, Ola John, Nelson Oliveira e Jara.

 

Primeiras aventuras (4)

- Cancelo (Eq.B), Lindelof, Bernardo Silva (Eq.B) e João Teixeira (Eq.B).

 

Permanências (8)

- Artur, Paulo Lopes, Maxi, Amorim, Gaitan, Almeida, Sálvio, Cardozo* e Lima.

 

Permanências  (ausentes) (6)

- Luisão, Jardel, Sílvio, Fesja, Sulejmani (todos por lesão) e Enzo (Chegou mais tarde devido ao Campeonato Mundo).

 

Saídas (7)

- Oblak, Garay, A. Gomes, Djurici, Markovic, Rodrigo e Cardozo* (fez a pré-época).

 

Nota: (Jogadores formados no BenficaJogadores formados localmente)

 

  

São 33 jogadores que somados às 3 (supostas) aquisições que faltam efectuar, resulta num excesso de atletas no plantel, o que irá obrigatoriamente resultar numa redução de elementos.

 

As escolhas para formar o Plantel (25 = 17 + 4 + 4) que irá ser inscrito na Champions é uma incógnita, no entanto, pelo que pude observar desta pré-época, arrisco um esboço daquilo que poderão ser alguns dos nomes, que Jesus já dará como certos na Equipa.

 

 

 

 

Na figura apenas estão 20 jogadores, mais 3 aquisições, faltando assim 2 jogadores para compor a lista a entregar na UEFA. Das duas vagas, uma terá, forçosamente, de ser da Formação pelo que a escolha incidirá, muito provavelmente, em N. Oliveira ou Bernardo Silva. Falta um 4º central, pelo que a ultima vaga deve recair num dos dois utilizados nos jogos de preparação: César ou Sidnei.

 

Jesus tem ainda à disposição Sulejmani, Pizzi, Candeias, Jara e Victor Andrade, jogadores que podem ficar no plantel, acredito na permanência de dois ou três, para o caso de alguma eventualidade.

 

 

Concluindo e perante estes factos, resta acreditar que não haja mais contratempos e que os lesionados voltem rapidamente ao activo, de preferência já para o próximo jogo com o Rio-Ave, com um Troféu (Taça da Liga) em disputa.

 

 

 

publicado por Tasqueiro às 08:50
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Julho de 2013

Previsão da tasca para 2013/14

 

 

 

Com todas as compras efectuadas (a não ser que Matic venha a sair) e findos estes 2 jogos de preparação, pretendo fazer uma previsão do plantel a inscrever na Champions. Vou tentar adivinhar as escolhas de JJ. As saídas ainda não estão todas efetuadas e com isso acresce a dificuldade de acertar nas escolhas para a nova época.

 

Para já, ficam os pormenores de Djuricic, a objectividade de Sulejmani e a veia goleadora de Lisandro Lopez. Bruno Cortes tem pezinhos, mas as mesmas lacunas de Melgarejo. Salvio está em grande, Ruben Amorim muito bem (bom sinal). 

 

Segue a hipotese: 

 

Guarda redes

Artur, Paulo Lopese Bruno Varelaserão os guarda-redes de serviço. Artur continua a ter a confiança de JJ. Paulo Lopes e Bruno Varela são da casa, situação preponderante nas regras de inscrição da Uefa. Mika tem qualidade, mas por força das regras, perde para Varela.

 

Centrais

No centro da defesa temos um grande leque de opções, muitas entradas e duvidas nas saídas, arrisco em Luisão, Lisandro Lopez, Steve Vitóriae Mitrovic, prevendo as saídas de Jardel e Garay.

 

Defesas laterais

Perspectivo duelos renhidos. Bruno Cortes e Sílvio irão disputar a titularidade com Melgarejo e Maxi respectivamente. Sílvio, pela sua polivalência, terá mais oportunidades de o conseguir. Luisinhoestá de saída e André Almeida segue para médio defensivo.

 

Médios defensivos

Acredito na permanência de Matic por mais um ano, que terá André Almeidacomo concorrente, sendo que Steve Vitória e Ruben Amorim também podem fazer o lugar.

 

Médios centro

No meio campo, Enzo Perez é dono e senhor do lugar, prevendo-se uma luta renhida entre Ruben Amorime André Gomespela2º posição, nas escolhas de JJ.

 

Médios ofensivos

Muitas opções (Sulejmani, André Gomes, Ruben Amorim e Markovic), no entanto, julgo que Djuricic e Gaitan serão as escolhas preferenciais de JJ. Carlos Martins é uma saída quase certa.

 

Extremos

Mais um lugar com grande número de opções. Ola John, Markovic, Sálvio e Sulejmani são as escolhas prováveis. Urreta com muita pena minha será novamente emprestado. Ainda há a opção Djuricic que pode fazer qualquer uma das laterais. Djálofica na Suíça.

 

Avançados

A "saída anunciada" por JJ,deixa pouco espaço a Cardozo. Lima e Rodrigo são certezas e o lugar a preencher tem de ser, irremediavelmente, um jogador da formação. Assim, arrisco o nome de Nelson Oliveira, apesar de se falar muito na sua saída. Jara e Michel, sem espaço, ficam de fora. Sulejamani e também Markovic, podem fazer o lugar.

 

A verdadeira lista de jogadores para a Champions versão 2013/14 dependerá, essencialmente, de quem sai. Será  Luisão ou Garay, Jardel não viajou, Gaitan tem interessados e a aposta ou não em Nelson Oliveira, por parte de JJ.

 

 

A coisa fica mais ou menos assim:

 

 

 

 

 

Com muita pena vejo a saida de Miguel Rosa, em definitivo, para o Beleneses.

 

                 

publicado por Tasqueiro às 22:38
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 28 de Maio de 2013

JJ deve ficar

 

Não gosto da personalidade, mas reconheço-lhe mérito.

 

Mudar agora, seria recuar.

 

Presentemente o Benfica deve ignorar a opinião publicada, e preocupar-se com a formação do plantel para a próxima época.

 

A qualidade que apresentou esta época, o plantel irá, inevitavelmente, perder jogadores. Acredito que Cardozo saia, pela atitude no final do jogo que aliada ao interesse de outros clubes, pode ser a última oportunidade de o Benfica conseguir algum retorno financeiro. Gaitan pode ser outro, há clubes interessados e o Benfica precisa de dinheiro. Matic é inevitável, nem a clausula o vai conseguir segurar.

 

Espero que Vieira consiga manter Garay, Lima e Salvio, jogadores fundamentais na estrutura do plantel.

 

Relativamente às aquisições, não consigo compreender como é que o Benfica não vai informando os Sócios e Adeptos Benfiquistas dos contratos que vão efectuando. Não faz sentido ter um jornal e uma televisão e deixar os Benfiquistas na completa ignorância, à mercê de um qualquer pasquim ou canal da concorrência.

 

                      

publicado por Tasqueiro às 19:52
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Março de 2013

Próxima jornada

 

Mesmo sem os jogadores selecionados para representar as suas seleções, são 7 (Garay, Melgarejo, Maxi, C.Martins, Ola John, Rodrigo e Cardozo), dos quais 5 são titulares …

 

 

 

… o plantel mete respeito.

 

 

 

    

Benfica x Rio Ave - dia 30 (sábado) - 20:30 h

 

   

publicado por Tasqueiro às 21:43
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012

O meio campo

 

Com a venda dos dois médios titulares, do Benfica, um defensivo (Javi) o outro um box to box (Witsel), iniciou-se uma discussão em volta das alternativas.

 

Como é costume, tudo o que rodeia o Benfica é, como diz a minha filha: “mega” empolado. Todos têm a sua opinião (algumas bastante duvidosas) e não deixam de as expor nas suas habituais crónicas escritas ou orações televisivas.

 

Lembro-me de ler e ouvir que, por exemplo, a contratação de Javi era uma aposta de risco, que era muito jovem, que ainda não tinha jogado ao mais alto nível e que o dinheiro dado por ele era um exagero, que mais valia apostar na formação, e por aí adiante. O mesmo foi dito em relação a Witsel (neste momento é Ola John o alvo). Agora, vêem estes senhores (sem sequer reconhecerem erros de avaliação nas ditas opiniões), lançar descrédito sobre as alternativas aos jogadores que saíram.

 

Tratando-se de dois médios defensivos (Witsel com pendor ofensivo), não consigo perceber a polémica em redor das alternativas ofensivas. Reconheço as dificuldades em relação ao sector defensivo, mas não compreendo as dúvidas em relação ao sector ofensivo.

 

Aimar, Carlos Martins e Bruno César são médios de pendor ofensivo, são de qualidade reconhecida, havendo ainda o Gaitan e o Enzo Peres cujo lugar não lhes é desconhecido. Temos 5 alternativas para o meio campo ofensivo, que ainda pode ser reforçado com Miguel Rosa (Capitão do Benfica B) em grande forma.

 

Relativamente à zona defensiva, temos Matic e alguns jovens da equipa B, nomeadamente André Almeida e André Gomes, que estão a fazer um belíssimo campeonato. Neste caso, Matic dá garantias, ficando a dúvida relativamente aos outros dois, se efectivamente têm “arcaboiço” para jogarem na equipa principal do Benfica, nomeadamente em jogos para a Champions, caso Matic não esteja disponível.

 

É muito bonito e cai bem vir reivindicar uma liga com mais jogadores portugueses, pedir oportunidades para os jovens e criticar as paletes de estrangeiros que dão entrada todos os anosem Portugal. Acho, por isso, de uma grande hipocrisia todo este folclore em torno deste assunto, em que passam um atestado de incompetência aos jogadores portugueses, batendo constantemente na tecla da falta de alternativas para o meio campo e da necessidade do Benfica ir ao mercado.

 

 

          

publicado por Tasqueiro às 14:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 10 de Agosto de 2012

Ola John

 

Ainda agora chegou e já é apelidado de flop, só porque custou ao Benfica cerca de 9 milhões € e ainda não fez nenhum “brilharete” nesta pré-época.

 

Estes críticos (tudo gente de fino recorte técnico) são rápidos e mordazes quando se trata de avaliar um jogador do Benfica.

 

Nem os 19 anos e o, ainda, curto percurso de Águia ao peito, os impede de atacar, sem dó nem piedade, este jovem internacional Holandês.

 

Na minha opinião, ainda é muito cedo para grandes opiniões. Uma coisa é certa, joga nos dois corredores, é tecnicamente evoluído e não se notam diferenças entre o pé direito e esquerdo. O resto vem com o tempo.

 

            

publicado por Tasqueiro às 15:45
link do post | comentar | favorito

.Rodadas

contador free

.pesquisa

.Dezembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Redefinir objectivos

. Plantel 2019/20

. Plantel - actualização II...

. Pré-época – 1º Jogo

. Plantel - actualização

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 6 seguidores

blogs SAPO
RSS