Terça-feira, 17 de Março de 2015

Declarações e repercussões

 

 "Todos os jogos são para ganhar. Depois, há razões adicionais em relação a essa premência e obrigatoriedade de ganhar, tais como a fase crucial do Campeonato, o facto de ser um jogo importantíssimo contra uma equipa que, geralmente, joga melhor contra o Benfica do que contra outros candidatos ao título. Há sempre um adicional de adrenalina nos jogos entre o Benfica e o SC Braga. Estou a estabelecer um termo de comparação não só com o comportamento dos jogadores, mas também com o discurso oficial, quer da liderança do SC Braga, quer de vídeos motivacionais".

"Não vi, durante a semana passada, nenhum vídeo motivacional para tentar ganhar um jogo decisivo, nem nenhuma declaração do presidente a dizer que gostaria de ganhar o jogo. Depois de ter perdido um jogo com um lance discutível, e pelo menos polémico, houve um silêncio ruidoso".

 "O que é igual tem de ter tratamento igual, quando não é assim temos de dar um tratamento desigual. A primeira resposta é dos sócios do Benfica, que vão encher o Estádio da Luz para responder devidamente às pessoas que criam dificuldades num lado e facilidades noutro".

 

Estas declarações, proferidas por Rui Gomes da Silva, vice-presidente do Benfica foram suficientes para uma onda de indignação, por parte de comentadores e jornalistas, na comunicação social portuguesa. Claro que pertencer à Direcção do Clube tem grande importância, mas não explica tudo, até porque não são virgens situações semelhantes noutros clubes, que no entanto não tiveram o mesmo impacto.

 

Na minha opinião, RGS não disse nada de novo, apenas referiu o que qualquer adepto de futebol já reparou há muito. A agressividade (nalguns casos a roçar a violência) usada por alguns jogadores do SCB, a diferença do discurso por parte da sua direcção, ou até mesmo as bolas de golf e outros comportamentos reprováveis por parte dos seus adeptos, nos jogos com o Benfica, são únicos e evidentes.

 

É deveras interessante, e até um caso para reflecção, constatar que quando o Benfica é visado, seja por ironias ou declarações pejorativas, são recebidas com naturalidade, consideradas estratégias ou “mind games”, tão elogiados em Mourinho ou Pinto da Costa. Já quando o Benfica se manifesta é o que se vê.

 

                         

publicado por Tasqueiro às 13:47
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De David Dias a 17 de Março de 2015
Total concondância!
A união e força do SL Benfica está a inquietar os corruptores e corrompidos. Mas vamos continuar unidos em torno da equipa porque, todos juntos, somos apenas mais fortes!

FORÇA BENFICA
FORÇA BENFIQUISTAS

Comentar

.pesquisa

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
29

.posts recentes

. Frustrante

. Dá que pensar

. Previsível ou fracasso

. É preciso mais

. Redefinir objectivos

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 6 seguidores

blogs SAPO
RSS