Quinta-feira, 2 de Agosto de 2018

Pré-época – 6º Jogo (International Champions Cup / Eusébio Cup)

 

O último jogo de pré-época termina com uma derrota. Não tendo sido de maneira nenhuma desonrante, foi de certa forma preocupante. Voltámos a sofrer dois golos consecutivos num curto espaço de tempo.

Rui Vitoria tem vindo a repetir o mesmo onze titular, dando a entender que serão estes os jogadores que vão iniciar a partida contra os Turcos. A única dúvida é a escolha de Castillo ou Ferreyra no início da partida.

Confesso que gosto deste esquema (433), no entanto falta-lhe o último terço. A equipa parece jogar apenas com 10 elementos, o homem mais avançado pouco participa no jogo, ao ponto de não ter colaborado em nenhum golo nem sequer nas oportunidades mais flagrantes. Dá que pensar.  Julgo que Jonas deve entrar na equação, até porque já tem o  entrosamento necessário com os companheiros.

Defensivamente há ainda muito a fazer. A forma fácil com que os adversários entram no último terço do nosso terreno é preocupante. Responsabilidades a partilhar entre a defesa e o meio campo. Valeu, mais uma vez, a grande exibição de Odysseas, que ganhou definitivamente o lugar.

 

Resumindo, Rui Vitória tem a obrigação de tirar ilações dos últimos 3 jogos, em particular este com o Lyon e aquele com o Borussia. Deve ter particular atenção às laterais. As subidas constantes de Grimaldo e Almeida são uma dor de cabeça para os centrais e também para Fejsa, que andam constantemente a fazer as dobras e, consequentemente, a abrir buracos na defesa e meio campo. É necessário mais coordenação e um meio campo mais experiente.

Gedson fez, na minha opinião, um grande jogo e uma excelente pré-época, tendo em conta a idade e a falta de experiência a este nível. Sem medos, mostrou determinação, raça, atrevimento e muita qualidade. Se chega para ser titular é outra questão, falta a maturidade, e isso vem com os jogos. Um elemento importante numa época desgastante, se Rui Vitória quiser, tem ali um suplemento a utilizar sempre que necessário.

Tanto Samaris, o recuo de Pizzi ou mesmo Semedo podem oferecer essa experiencia.

 

Rui Vitória tem muito com que se entreter, já não tem é muito tempo e as experiências já terminaram. Agora é pegar em todas as informações que recolheu e definir a estratégia e as peças mais adequadas.  

 

Carrega Benfica.

 

                    

publicado por Tasqueiro às 14:50
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 30 de Julho de 2018

Pré-época – 5º Jogo (International Champions Cup)

 

Exibição morna num jogo onde faltaram as oportunidades de golo (2) para o lado do Benfica. Gedson teve nos pés a melhor oportunidade (a outra foi Sálvio) para marcar, no entanto, evidenciou uma clara falta de “calo”. Muita posse de bola sem sequência e pouco acerto nas decisões do último terço de terreno. Excepção a Grimaldo que esteve prefeito na marcação do livre directo.

Ao inverso do jogo com o Dortmund, desta vez começamos a ganhar, depois consentimos o empate e fomos derrotados nos penaltis. Resultado positivo graças à boa exibição de Odysseas. Parece que temos reforço.

Numa análise fria, conclui-se que estamos ainda a uma grande distância das equipas da elite europeia. As constantes sangrias no plantel retiram estabilidade e reduzem muito a capacidade de crescer qualitativamente.   

Por enquanto vai dando para a competição interna e para ir fazendo algum na liga dos milhões. 

 

               

publicado por Tasqueiro às 16:14
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Abril de 2018

Pouco ou nada altera

 

Jogo angustiante.

Não tinha grandes espectativas relativamente à luta pelo título, o fracasso no clássico veio firmar que a nossa luta seria a preservação do 2º lugar.

Esta derrota não altera nada na classificação. Uma derrota no dérbi continua a relegar o Benfica para o 3º lugar. A diferença é, essencialmente, psicológica. Desanimador para o Benfica, estimulante para o adversário.

A próxima jornada vai ser decisiva no acesso a um lugar na Champions. Não é um título, mas representa muito dinheiro. Só a vitória interessa, a mentalidade tem de ser essa.

 

O ódio pode motivar mas tira o discernimento.

Que fique claro, o Benfica não é encarado como adversário. Aos olhos dos dragartos somos inimigos, um alvo a aniquilar seja por que meios forem. Isto é uma guerra sem lei e enquanto o Benfica não reconhecer isso, vai estar sempre em desvantagem. Eles odeiam o Benfica.

Eles não o escondem, alguns afirmam-no com orgulho. Está-lhes no sangue e transmitem-no aos seus jogadores, é a força motriz.

O Benfica tem de reconhecer isso e deve preparar os seus atletas para essa realidade. Reagir com inteligência.

 

             

publicado por Tasqueiro às 16:15
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 16 de Abril de 2018

Dilema psicológico

 

A parte mental é um dos factores fundamentais para se ter sucesso desportivo. Na minha opinião, foi o que faltou à equipa do Benfica ontem.

Não é caso isolado, já aconteceu mais vezes, é um problema que já tem barba. Um dilema psicológico que o Benfica possui quando defronta o clube andrade. Enquanto não se reconhecer isso, nunca se irá ultrapassar essa dificuldade.  

O problema é transversal a jogadores e treinadores, para dar um exemplo nas últimas 6 épocas, tivemos 2 treinadores (3 épocas cada um) e um sem número de jogadores, nunca houve uma equipa igual.

 

Campeonato (6 Épocas) = 12 jogos

Em casa = 1 vitória, 3 empates, 2 derrotas

Fora = 1 vitória, 2 empates, 3 derrotas

 

As únicas vitórias (uma em casa outra fora) foram conseguidas com Jesus, no entanto as derrotas são as mesmas. No histórico de todas as Ligas já disputadas (em ambos os estádios) há uma diferença de 10 vitórias, com vantagem para o Porto (65 para 55).

 

Dado relevante, ou talvez não: ambos os treinadores são portugueses. A certeza é que são números angustiantes.

 

Acorda Benfica.

 

        

                  

publicado por Tasqueiro às 15:58
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

Para reflexão

 

Deverá servir este início de época, em especial este jogo, a quem de direito, para que medite sobre a forma de como se deve gerir um plantel. A saída constante dos melhores pode ser financeiramente enriquecedor, mas a sangria apenas enfraquece o corpo.

 

Há que admitir o fracasso nesta competição e seguir em frente. Concentrar todas as forças no que, agora, realmente importa, o campeonato. É preciso voltar a acreditar e dar tudo em campo, se faltar a inspiração que ao menos haja a raça, o crer e a ambição.

 

Acorda Benfica.

 

        

publicado por Tasqueiro às 15:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 28 de Setembro de 2017

Mudanças precisam-se

 

Este jogo vai ficar na história do Benfica pelas piores razões. Veio à memória o descalabro de Vigo. Algo está mal, e tem vindo a arrastar-se.

 

Para a Madeira só vejo uma solução, mudança radical. Muitos dos jogadores que estiveram na Suíça (e nos últimos jogos) têm de estar fora da 11 inicial. Cervi, Zivkovic e Jiménez, no banco, enquanto Júlio César, Luisão, André Almeida, Pizzi e Jonas devem ficar fora da convocatória.

 

Parece que o relvado está em mau estado, portanto é escusado tentar apresentar jogo muito rendilhado. Precisa-se de jogo directo, cruzamentos e rematar mais de fora da área. Também já vai sendo tempo de mostrarem mais trabalho nos lances de bola parada.

 

Coragem Benfica.

 

                 

                       

publicado por Tasqueiro às 10:34
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Março de 2017

Mentalidade

 

Quando formos capazes de erradicar, de vez, os medos e sentimentos de inferioridade, podemos encarar o jogo de forma desinibida e exibir todo o potencial.

 

O resultado não espelha a diferença de qualidade dos jogadores entre as duas equipas, pelo menos no que se refere à parte técnica. Relativamente à táctica já tenho as minhas dúvidas (Tuchel muito superior a Vitória).

 

Mais importante que o investimento em campos de treino e infraestruturas é progredir na mentalidade. Se todos acreditarem nas suas capacidades, melhores serão as suas prestações e mais próximos vão estar do sucesso.

 

Foi assim que o Dortmund deu a volta à eliminatória.

 

      

publicado por Tasqueiro às 10:41
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Agosto de 2016

Mau ensaio

 

O Benfica fez o último jogo (Lyon 3 x 2 SLB) de pré-época  ainda com experiências. A lesão de Fesja é um revés na evolução de uma equipa tipo para o início dos jogos a contar.

 

Vitória resolveu colocar ao mesmo tempo Celis e Samaris a meio campo, não sei se já tinham trabalhado esta situação, o certo é que não se entenderam e ambos não conseguiram fazer o trabalho de um. A agravar a situação também Carrillo jogou de início. Com um meio campo confuso e uma ala inexistente, o resultado não podia ser famoso.

 

Não sei se irá ser um problema, mas Fesja e as lesões são uma inquietação. Samaris não pode sair e tem de voltar rapidamente à sua melhor condição física e psicológica, até porque Celis ainda anda a conhecer os cantos à casa e não acho que seja uma alternativa para já.

 

Curiosamente é nas alas que também vejo dificuldades. Sendo um sector que alegadamente tem excesso de jogadores, para o imediato apenas há disponíveis: Cervi, Pizzi e Salvio. Com Carcela de saída (ainda não foi utilizado), Zivkovic lesionado, Carrillo numa forma lastimável, Benítez sem qualidade para o lugar e Guedes a evoluído noutras funções, espero que não esteja a ser equacionada a saída de Salvio.

 

             

publicado por Tasqueiro às 11:43
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Abril de 2016

Defesas e ataques

 

O Benfica foi à Alemanha e saiu de lá com um resultado que não envergonha. A melhor equipa da Europa apenas conseguiu ganhar, em casa, pela margem mínima.

 

As oportunidades aconteceram para ambas as partes, mas foram os bávaros que controlaram a partida durante a maior parte do tempo e os que tiveram mais ocasiões.

 

O resultado é justo, até podia ter sido mais volumoso. No entanto também poderia ter acontecido um empate, sem que se pudesse falar em injustiça.

 

Ao contrário da maioria, não considero que a exibição do Benfica tenha sido extraordinária. Foi boa, principalmente a nível defensivo, mas julgo que esta equipa consegue fazer melhor.

 

 

 

A lagartagem intensifica o ataque ao Benfica.

 

No clube, que joga no Campeonato a pensar na Champions e para a Champions a pensar no Campeonato, estão com os nervos à flor da pele.

 

Para além da arbitragem, que continua na ordem do dia, viram-se também para o Renato. Ou é demasiado velho para ser precoce, ou demasiadamente novo para ir à selecção. Em que é que ficamos?!

 

                     

publicado por Tasqueiro às 15:38
link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Fevereiro de 2016

SoS Benfica

 

Estou farto de ver este filme.

 

O Benfica devia pensar, seriamente em abrir uma unidade de psiquiatria, tal não é a eficácia na recuperação de “doentes” do forro psicológico. É caso de estudo.

 

Num jogo consegue recuperar dois enfermos em simultâneo. Um Porto abatido, com problemas de disciplina e uma confiança nos mínimos, recupera auto-estima e união. Por arrasto, o Sporting que demonstrava sérios problemas de nervosismo agudo, ganha novo folgo e principalmente animo.

 

Não me parece que seja só da responsabilidade do treinador, casos destes já aconteceram com Jesus e os outros que o antecederam. O problema é estrutural o que é preocupante. 

 

É verdade que criamos suficientes oportunidades para ganhar, mas o certo é que voltamos a perder. Entre clássicos e derbies somamos apenas derrotas. Assim não vamos lá.

 

Acorda Benfica.

 

     

publicado por Tasqueiro às 19:01
link do post | comentar | favorito

.Rodadas

contador free

.pesquisa

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pré-época – 6º Jogo (Inte...

. Pré-época – 5º Jogo (Inte...

. Pouco ou nada altera

. Dilema psicológico

. Para reflexão

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 5 seguidores

blogs SAPO
RSS