Segunda-feira, 30 de Setembro de 2019

Tempos apreensivos

 

No futebol sénior masculino as exibições andam tremidas. Depois da péssima exibição na Taça da Liga, fruto de uma excessiva rotatividade, conseguimos mais 3 pontos arrancados a ferros contra um, já habitual, hostil Setúbal. Vinícius regressou em boa hora, é caso para Lage começar a definir um 11 com presença obrigatória do recente ”atirador”.

 

Quanto à arbitragem, são necessários vários adjectivos para classificar tamanha singularidade, eu diria que começa por ser irritante e acaba num estado de grande suspeita. A dualidade de critérios atingiu níveis obscenos e a carga de ombros ganhou uma nova definição.

 

 

Também a Assembleia foi tensa. O Presidente do Benfica passou-se da “marmita” e ia chegando a vias de facto com um sócio que foi ao palanque “picar” a estrutura.

 

Não querendo menosprezar o comportamento do Presidente do Benfica, que foi de todo lamentável, considero que o sócio que interveio não foi inteiramente sério nas suas exposições/questões ou anda mal informado.

 

A sua intervenção foi um amontoado de insinuações de ofensas e até de acusações, infundadas diga-se, em que os Órgãos Sociais do Clube são apelidados de falsos Benfiquistas (“amor sujo”). Luís Filipe Vieira foi enchendo, enchendo, até explodir.

 

Acho que o Presidente deve um pedido de desculpas aos sócios, uma pequena declaração, penitenciando-se pelo comportamento e aproveitar para esclarecer algumas questões das quais ele e os seus foram acusados.

 

Da parte do sócio, ou anda muito distraído, ou pior, foi uma acção premeditada. O melhor exemplo é a referência aos mails, topeiras e outros disparates, tudo matéria que a justiça vai desconstruindo em sede própria. Também o negócio Felix, já esclarecido mais que uma vez, foi alvo do orador. Fica o esclarecimento : os 10% são referentes ao aumento da cláusula de rescisão, na altura ficou assim acordado ... capicce?

 

O sócio se não está contente tem várias hipóteses: espera pelas eleições e vota numa alternativa; pode sempre juntar-se a uma alternativa; ou até criar a sua própria alternativa. O que o sócio não deve fazer é aproveitar uma AG para ofender gratuitamente a Direcção, insinuando e acusando sem provar o que quer que seja.

 

 

Acabo com uma mensagem a Lage: Amanhã queremos a raça, o querer e ambição no relvado. Boa sorte.

 

             

publicado por Tasqueiro às 15:50
link do post | comentar | favorito

.Rodadas

contador free

.pesquisa

.Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Redefinir objectivos

. Quem tem medo compra um c...

. Decepção

. Tempos apreensivos

. 3 pontos

.links

.arquivos

.tags

. todas as tags

.mais sobre mim


. ver perfil

. 4 seguidores

blogs SAPO
RSS